Notícias

Reparos no telhado da Escola Senador Salgado Filho serão viabilizados pela prefeitura

Parte do telhado da Escola Municipal Senador Salgado Filho, em Gramado, que havia sido danificado pelo temporal do último dia 8, já recebeu os devidos reparos. Buscando a segurança das crianças e agilização das obras, o colégio viabilizou o conserto do telhado do prédio com o dinheiro do CPM, sendo que o custo do material será ressarcido pela prefeitura, por meio da Secretaria da Educação. Tendo em vista que os maiores estragos foram no piso e no telhado do pavilhão do colégio, a reforma será feita separadamente, sendo que a prefeitura já orçou os custos da obra. Rifa para aquisição de câmeras – A diretora da Senador, Mariluse Mella, esclarece à comunidade que a realização de uma rifa para angariar fundos para o colégio já havia sido programada antes do temporal, com a intenção de utilizar o dinheiro para a instalação de câmeras de segurança. Coincidentemente, as rifas começaram a ser vendidas pela comunidade escolar no mesmo período, mas o dinheiro arrecadado não será utilizado para o conserto dos estragos das chuvas. “Pedimos que a comunidade colabore igualmente na compra das rifas, pois todo dinheiro arrecadado será usado para o benefício dos alunos. A colocação de câmeras é uma vontade da própria comunidade, que pede por mais segurança para os estudantes”, acrescenta Mariluse.

Parte do telhado da Escola Municipal Senador Salgado Filho, em Gramado, que havia sido danificado pelo temporal do último dia 8, já recebeu os devidos reparos. Buscando a segurança das crianças e agilização das obras, o colégio viabilizou o conserto do telhado do prédio com o dinheiro do CPM, sendo que o custo do material será ressarcido pela prefeitura, por meio da Secretaria da Educação.

Tendo em vista que os maiores estragos foram no piso e no telhado do pavilhão do colégio, a reforma será feita separadamente, sendo que a prefeitura já orçou os custos da obra.
Rifa para aquisição de câmeras – A diretora da Senador, Mariluse Mella, esclarece à comunidade que a realização de uma rifa para angariar fundos para o colégio já havia sido programada antes do temporal, com a intenção de utilizar o dinheiro para a instalação de câmeras de segurança. Coincidentemente, as rifas começaram a ser vendidas pela comunidade escolar no mesmo período, mas o dinheiro arrecadado não será utilizado para o conserto dos estragos das chuvas.

“Pedimos que a comunidade colabore igualmente na compra das rifas, pois todo dinheiro arrecadado será usado para o benefício dos alunos. A colocação de câmeras é uma vontade da própria comunidade, que pede por mais segurança para os estudantes”, acrescenta Mariluse.

Notícias

  • Prefeitura de Gramado

  • Google Street View

Link da fonte de notícia...


Tags: Nenhuma
0 comentário
Denunciar        

Leia também: