Notícias

Kombis levam arte itinerante para a Feira do Livro de Gramado - Veículo de 1961 abriga o minimuseu do brinquedo

Um centro de cultura móvel capaz de levar diferentes formas de arte e promover espaços de produção e construção artística de forma integrada é o objetivo do projeto Kombina, que transformou duas kombis em espaços de interação entre as pessoas. O projeto foi idealizado pela escritora Cristina Dias, em Porto Alegre, e estará nesta quinta-feira (15) na 21ª Feira do Livro de Gramado, atuando nas escolas e entre o público visitante do evento. Uma kombi 1961, original, foi batizada de Alice e traz com ela o minimuseu do brinquedo. Os objetos relacionados ao brincar há mais de 30 anos são da colecionadora Alice Urbim. A kombi estará aberta para exposição nesta quinta-feira (15), à disposição para visitação de turistas e da comunidade. Também estão expostas obras de arte da desenhista e pintora gaúcha Clara Pechansky. A segunda kombi leva o nome do projeto, Kombina, e leva às escolas arte em forma de brincadeira. Os colégios Nossa Senhora de Fátima e Presidente Vargas receberão a kombi nesta quinta-feira (15). Os colégios Pedro Zucolotto e Maximiliano Hahn já receberam o projeto na última segunda (12). Um dos principais destaques da Kombina é a presença de um livro interativo que, ao invés de ser mostrado às crianças em forma de papel, é exibido em forma de um painel ilustrativo, onde elas vivenciam um pouco da história. A kombi traz monitores que, junto com os alunos, resgatam brincadeiras antigas, como pular corda, fazer bolhas de sabão, andar em perna de pau. Oficinas de arte, ministradas pela coordenadora do projeto, Zizi Paz, também envolvem os alunos. “A leitura não está só nos livros, só no papel. A leitura pode ser de mundo, de vida, de arte. Para as crianças conseguirem absorver os conteúdos do papel, elas primeiro precisam aprender a ler o universo. É no brincar que está o mistério das coisas”, destaca a coordenadora do projeto, Zizi Paz. A Feira do Livro de Gramado segue até o dia 18 de junho, com atividades principalmente na Rua Coberta. O patrono é o escritor e cineasta Tabajara Ruas. A Feira é uma promoção da Prefeitura de Gramado, por meio da Secretaria da Cultura.

Um centro de cultura móvel capaz de levar diferentes formas de arte e promover espaços de produção e construção artística de forma integrada é o objetivo do projeto Kombina, que transformou duas kombis em espaços de interação entre as pessoas. O projeto foi idealizado pela escritora Cristina Dias, em Porto Alegre, e estará nesta quinta-feira (15) na 21ª Feira do Livro de Gramado, atuando nas escolas e entre o público visitante do evento.

Uma kombi 1961, original, foi batizada de Alice e traz com ela o minimuseu do brinquedo. Os objetos relacionados ao brincar há mais de 30 anos são da colecionadora Alice Urbim. A kombi estará aberta para exposição nesta quinta-feira (15), à disposição para visitação de turistas e da comunidade. Também estão expostas obras de arte da desenhista e pintora gaúcha Clara Pechansky.

A segunda kombi leva o nome do projeto, Kombina, e leva às escolas arte em forma de brincadeira. Os colégios Nossa Senhora de Fátima e Presidente Vargas receberão a kombi nesta quinta-feira (15). Os colégios Pedro Zucolotto e Maximiliano Hahn já receberam o projeto na última segunda (12).

Um dos principais destaques da Kombina é a presença de um livro interativo que, ao invés de ser mostrado às crianças em forma de papel, é exibido em forma de um painel ilustrativo, onde elas vivenciam um pouco da história. A kombi traz monitores que, junto com os alunos, resgatam brincadeiras antigas, como pular corda, fazer bolhas de sabão, andar em perna de pau. Oficinas de arte, ministradas pela coordenadora do projeto, Zizi Paz, também envolvem os alunos.

“A leitura não está só nos livros, só no papel. A leitura pode ser de mundo, de vida, de arte. Para as crianças conseguirem absorver os conteúdos do papel, elas primeiro precisam aprender a ler o universo. É no brincar que está o mistério das coisas”, destaca a coordenadora do projeto, Zizi Paz.

A Feira do Livro de Gramado segue até o dia 18 de junho, com atividades principalmente na Rua Coberta. O patrono é o escritor e cineasta Tabajara Ruas. A Feira é uma promoção da Prefeitura de Gramado, por meio da Secretaria da Cultura.

Link da fonte de notícia...


Tags: Nenhuma
0 comentário
Denunciar        

Leia também: